Museus e Entidades Culturais

A Federação de Amigos de Museus do Brasil (Feambra) atua para preservar o patrimônio cultural brasileiro. Com orientação para a constituição e o fortalecimento das Associações de Amigos de Museus e ações em prol da cultura, contribui para aproximar o cidadão do museu.

 

 Clique aqui e conheça nossos associados de todo o Brasil

 

 

Alguns dos nossos associados:

 

Museu de História Natural de Itapira

Museu Judaico

Associação de Amigos do Museu da Cidade do Rio de Janeiro

Museu Memória do Bixiga

Museu Exploratório de Ciências 

Museu de Arte Sacra de Santos

 

 

 

Pinacoteca Municipal de Bauru

 

  

Casa da Memória Arthur Dalmasso

 

 

 

Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia – IPAC

Fazenda Parque da Roseta História e Turismo Ltda

 

 

 

Ecomuseu Dr. Agobar Fagundes

 

 

 

 

 Museu Casa de Cora Coralina

 Após a morte da poetisa, amigos e parentes se reuniram e criaram a Associação Casa de Cora Coralina em 27 de setembro de 1985, mantenedora do Museu Casa de Cora Coralina. Entidade de direito privado, sem fins lucrativos, regido por um Estatuto, que tem como finalidade: “ projetar, executar, colaborar e incentivar atividades culturais, artísticas, educacionais, ambientais, visando, sobretudo, a valorização da identidade sociocultural do povo goiano, bem como preservar a memória e divulgar a vida e a obra de Cora Coralina.

 

Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior

 

 

O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior está instalado no prédio do antigo Forum Municipal. Neste mesmo local havia um prédio, que foi adquirido pela Prefeitura Municipal em 05 de março de 1.905, para as instalações do Paço Municipal, Delegacia e Cadeia Publica. Prédio este demolido em 1949 e no mesmo local construído um moderno edifício para abrigar as instalações do Forum, ficando até o ano de 1.983. No ano de 1.985 passou a abrigar as instalações do Museu Histórico em termo de comodato do Município com o Estado. O Prédio foi restaurado, conservando suas características.

 

Fundação Instituto Feminino da Bahia - Museu Henriqueta Catharino

 

A Fundação Instituto Feminino da Bahia é uma instituição privada, católica, sem fins lucrativos, com sede no bairro do Politeama na cidade de Salvador. 

 

     Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

 

     Catavento Cultural e Educacional

Fruto de uma parceria entre as Secretarias Estaduais da Cultura e da Educação, o Catavento foi inaugurado em março de 2009. O espaço, que apresenta 250 instalações distribuídas em 4 mil metros quadrados,  é dividido em quatro seções (Universo, Vida, Engenho e Sociedade). Atrações como aquários de água salgada, anêmonas e peixes carnívoros e venenosos, uma maquete do sol, uma caverna que reproduz as formações e sons originais e uma parede de escaladas onde é possível ouvir histórias de personalidades como Gengis Khan, Julio Cesar e Gandhi, são apenas algumas das atrações em que os visitantes comprovam que é possível aprender e se divertir ao mesmo tempo.

O espaço conta também com novas atrações do Museu da Tecnologia de São Paulo, que recentemente teve seu acervo transferido para o Catavento. No total são 36 equipamentos expostos na área externa do Palácio das Indústrias e em quatro áreas do Catavento (Auditório, Astronomia, Engenho e Educação).

 

 Museu das Minas e do Metal

 

O Museu das Minas e do Metal, implantado no prédio da antiga Secretaria de Estado da Educação, abriga importante acervo sobre mineração e metalurgia, documentando duas das principais atividades econômicas de Minas. O museu utiliza, de forma lúdica e criativa, da tecnologia de ponta para mostrar o universo das rochas, os processos de transformação dos minérios e a importância deles para a vida humana e o desenvolvimento social, econômico e cultural. 

Museu do Estado de Pernambuco 

 

O MEPE foi criado em 24 de agosto de 1928, através de lei estadual, como Museu Histórico e de Arte Antiga e inaugurado em 7 de setembro de 1930, funcionando no Palácio da Justiça. Em 1940 passou a funcionar em um palacete que pertencera a Augusto Frederico de Oliveira, filho do Barão de Beberibe, e que é um exemplar típico e importante da arquitetura aristocrática pernambucana do século XIX.

Seu acervo inclui mobiliário, artes decorativas, documentos e livros históricos, joalheria e etnografia indígena. O Centro de Documentação do Espaço Cícero Dias oferece para consulta uma biblioteca de 4 mil volumes que inclui obras raras.

 

Casa Amarela Leilões de Arte

A Casa Amarela Leilões de Arte atua no mercado de arte de São Paulo desde 1979 e no Distrito Federal desde 1994. É especializada em leilões de arte e residenciais. Tem ampla atuação na área, realizando atividades como avaliação de espólio, assessoria e organização de exposições e leilões.

 

Museu Eugenio Teixeira Leal - Memorial do Banco Econômico

logo

Está localizado em um belíssimo sobrado do século XIX, no Centro Antigo de Salvador. Seu acervo é composto por moedas, medalhas e condecorações, nacionais e estrangeiras, de diversos períodos e materiais. Tais obras são consideradas documentos valiosos que preservam e retratam a história e a cultura do Brasil e do mundo. Nessa perspectiva, o Museu Eugênio oferece diversas ações educativas, além da simples exposição. Entre as inúmeras atividades, destaca se palestras sobre a história do dinheiro, exibição de vídeos e exposição itinerante. 

 

Oi Futuro Flamengo

 

Centro de cultura, tecnologia e inovação, o prédio de 1918 que já abrigou o Museu do Telephone transformou-se numa referência internacional em arte contemporânea e num convite arquitetônico à interação. Lá a convergência de ideias, linguagens e gerações dá forma a uma programação diversificada nas galerias de artes visuais, teatro, bliblio_tec, infomúsica e no Museu das Telecomunicações. 


Fundação Bienal de São Paulo

bienal_logo 

Criada em 1951, a Bienal de São Paulo, inspirada na Bienal de Veneza, foi a segunda megaexposição de arte contemporânea do mundo, a primeira do Hemisfério Sul. Atuando como elo entre o Brasil e o cenário internacional, a Bienal vem cumprindo, desde então, o papel de promover o intercâmbio cultural, estimular o circuito artístico local e divulgar a arte brasileira e o Brasil no exterior.

  

Estação Ciência USP

 logo estacao ciencia

A Estação Ciência - USP é um centro de ciências dinâmico e interativo que realiza exposições e atividades nas áreas de Ciência e Tecnologia, além de cursos, eventos e outras atividades, com o objetivo de popularizar a ciência e promover a educação científica de forma lúdica e prazerosa.

 

Memorial da Inclusão

logo memorial da inclusao

 A ideia original de contar a história do movimento social da pessoa com deficiência foi ampliada para memorial da inclusão, por considerar que as reivindicações e conquistas deste segmento são benefícios para toda a sociedade, apesar de reivindicações muito pontuais.

A ideia evoluiu para traçar os caminhos das pessoas com deficiência em prol de uma sociedade mais inclusiva e, assim, com esta proposta, estimular a reflexão de que as formas e frentes de ação do segmento contribuíram sobremaneira para conquistas constitucionais e legais e, fundamentalmente, para mudanças nos valores sociais, na percepção da sociedade sobre a pessoa com deficiência. Tais caminhos concederam à sociedade brasileira a oportunidade de compreender e aceitar o diferente e significar a diversidade.

 

Museu do Computador

O Museu do Computador foi idealizado pelo curador José Carlos Valle que tem ampla experiência com a informática desde da década de 60. Com a idéia fixa de montar um museu de informática no Brasil que até então era inédito, Valle começou ir atrás das empresas que ele prestou serviços com a Dataroad para conseguir peças para seu acervo. 

Antes mesmo de ter um local fixo em Interlagos, o Museu do Computador já tinha forma e nome. Conseguiu sua primeira exposição em 1999 na feira de computadores COMDEX. Foi um grande sucesso, já que as pessoas que visitavam a COMDEX em sua maioria eram profissionais de informática de longa data. 

Após sair da sede em Interlagos em 2008 ficou sem um espaço fixo para exposições e com isso realizou diversos eventos itinerantes. Após 1 ano conseguiu um galpão, no segundo semestre de 2009, em Itapecerica da Serra, para armazenar todo o acervo. O Museu do Computador tem o objetivo de ser mais que um museu. Ser um centro de formação para pessoas que desejam aprender temas relacionados à informática, desde cursos básicos até cursos avançados, dando preferência para pessoas de baixa renda.

  

Museu das Invenções

logo

Inaugurado em 1996, o Museu das Invenções, mais conhecido como “Inventolândia” vêm aguçando a curiosidade de todos, desde crianças até idosos, possui um acervo de mais de 500 invenções diferentes, únicas e mágicas, entre elas alguns exemplos como: um piano dobrável, uma máquina de gelar garrafas em sete segundos, um controlador e monitorador de consumo de água, um pente pra careca, uma churrasqueira descartável e até mesmo uma caixa de pizza que se transforma em um brinquedo. Estes são só alguns dos diversos inventos que estão expostos no Museu, para serem observados e curtidos por todos.

 

                                                                                             Fundação Ema Gordon Klabin

                                                                             

 

Oficialmente registrada em 1978, a Fundação Cultural Ema Gordon Klabin é uma instituição sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública federal, que tem por objetivos a promoção e divulgação de atividades de caráter cultural, artístico e científico, além da transformação da residência de Ema Gordon Klabin em museu aberto à visitação pública, que ocorreu em março de 2007.

A casa abriga um valioso acervo de 1545 obras, entre pinturas do russo Marc Chagall e do holandês Frans Post, dos modernistas brasileiros Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Portinari e Lasar Segal;  talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário de época, peças arqueológicas e decorativas.    

 

                                                                         Instituto Inhotim

                                                                      

Inhotim caracteriza-se por oferecer um grande conjunto de obras de arte, expostas a céu aberto ou em galerias temporárias e permanentes, situadas em um Jardim Botânico, de rara beleza. O paisagismo teve a influência inicial de Roberto Burle Marx (1909-1994) e em toda a área são encontradas espécies vegetais raras, dispostas de forma estética, em terreno que conta com cinco lagos e reserva de mata preservada. O Instituto Inhotim, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público - OSCIP, além desses espaços de fruição estética e de entretenimento - que lhe garantem um lugar singular entre outras instituições do gênero - desenvolve também pesquisas na área ambiental, ações educativas e um significativo programa de inclusão e cidadania para a população do seu entorno.

 

 

Museu Paulista da USP (Museu do Ipiranga)

museu paulista da usp

 

O Museu Paulista é uma instituição científica, cultural e educacional com atuação no campo da História e cujas atividades têm, como referência permanente, um acervo. O conjunto articulado dessas atividades é a curadoria. Envolve a formação e ampliação de coleções (por intermédio de doações, aquisições ou coleta de campo), sua conservação física, seu estudo e documentação bem como a comunicação, seja do acervo, seja do conhecimento que ele permite gerar, através de exposições, cursos, programas educativos e publicações. 

 

 

Museu e Arquivo Histórico Pedro Rossi 


O Museu e Arquivo Histórico Pedro Rossi, localizado na cidade de Flores da Cunha, tem como objetivo preservar a memória, a história e a cultura dos imigrantes italianos no município. Além das exposições permanentes, o museu também recebe mostras temporárias, visitas guiadas, monitoria e diversos projetos que buscam valorizar as histórias dos imigrantes na cidade. O acervo conta com cerca de 1.500 peças, além de diversos objetos curiosos.

 

Associação Nacional das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivo e Similares (Abam)
 

A Baiana de Acarajé é um dos símbolos da cultura negra na Bahia e no Brasil, que com seu tabuleiro repleto de delícias como: o acarajé, o abará e as cocadas que encantam não só os turistas como também ao próprio povo brasileiro. Tendo, assim, uma relevância histórica e cultural que precisa ser apresentada às novas gerações, a fim de manter viva essa parte da história.

Entre suas atribuições a ABAM, administra o Memorial das Baianas, que é um espaço público dedicado ao patrimônio diverso gerado pelas baianas, ressaltando os aspectos históricos e tendo como destaque a simbologia, estética, conjunturas sócias e econômicas que formaram um emblema de cunho nacional e internacional, que é a baiana.
 

 

Fundação Joaquim Nabuco - Museu do Homem do Nordeste
 

 

 

Centro de Memória Dorina Nowill

O Centro de Memória Dorina Nowill tem como missão apresentar a história da luta das pessoas com deficiência visual no Brasil e no mundo. Fundado em 2002, foi o primeiro museu brasileiro que considerou a cultura da deficiência visual como patrimônio histórico. Toda a sua coleção histórica e tecnológica está sediada na Fundação Dorina Nowill para Cegos, onde contamos com uma exposição de longa duração aberta ao público com apoio de equipe educativa para lhe atender e um banco de dados do acervo on-line disponível para pesquisa.

O acervo do Centro é composto por aproximadamente 6 mil peças entre equipamentos tiflológicos (máquinas braille de várias épocas, regletes, sorobãs e equipamentos de reabilitação e autonomia na vida diária), imagens fotográficas, audiovisual, material auditivo, arquivos de memória oral, publicações, documentos referentes aos serviços, movimentos, projetos e iniciativas internacionais e nacionais em defesa dos direitos das pessoas com deficiência.

 

Museu do Homem Americano

O Museu do Homem Americano é uma instituição museológica privada, ligada à Fundação Museu do Homem Americano/FUMDHAM e localizada no sudeste do Piauí, semiárido nordestino.

Instituída em 1994, abriga uma exposição que expressa os 40 anos de pesquisas científicas realizadas na região do Parque Nacional Serra da Capivara, unidade de conservação reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e tombada pelo IPHAN desde 1993. 


Solar Grandjean de Montigny

O Solar Grandjean de Montigny é um belo exemplo da arquitetura neoclássica brasileira. Tombado como monumento nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional desde 1938, preservado e restaurado, localiza-se em área privilegiada, na entrada do campus da PUC-Rio.

Como Museu Universitário representa um elo especial entre a Universidade e a comunidade, sendo um espaço para realização de atividades culturais e artísticas, oferecendo também acervo, arquivo e biblioteca.

 

 
Museus dos Eventos - Anhembi Parque

 

O Museu de Eventos Anhembi Parque é  um memorial on-line com recordações dos principais  eventos que aconteceram desde a criação do complexo, em 1970. O Museu foi criado com o intuito de reavivar não apenas a história do Parque, como também da Cidade de São Paulo e de seus moradores.

 

 

Museu da Gastronomia Brasileira

O Museu da Gastronomia Brasileira é  um conjunto de réplicas de pratos tradicionais ,que foram desenvolvidos por cozinheiras durante o passar dos anos.

 

Centro de Memória da Medicina

 

O Centro de Memória da Medicina (CEMEMOR) é um museu e um centro de estudos históricos dedicados a preservar e divulgar a memória da medicina mineira além da história da medicina brasileira e mundial.

 

Museu Náutico de Ilhabela


O setor de naufrágios do Museu, conta com um valioso acervo de objetos (cristais, porcelanas, faianças, talheres de prata, artefatos de bronze, etc..), datados do séc. XVIII até meados deste século.

 

 

Espaço Cultural Museu Cícero Dias

O Espaço Cultural Museu Cícero Dias foi inaugurado no dia 19 de maio de 2011 e possui além de doações pela comunidade referentes ao período açucareiro quanto de itens musealizados do século XX. Possuímos 22 quadros (cópias únicas) doadas pelo Governo do Estado de Pernambuco com litogravuras do pintor escadense e modernista brasileiro Cícero Dias (1907-2003).

 

Museu Mazzaropi

O Museu Mazzaropi foi criado em 1992 por João Roman Júnior como uma forma de homenagear o velho amigo e cineasta brasileiro. No acervo há mais de 20.000 itens entre fotos, filmes, documentos, objetos cênicos, móveis e equipamentos que “contam” boa parte da carreira do artista. O museu é aberto à visitação pública de terça a domingo das 8h30 às 12h30 e promove constantemente o atendimento aos alunos de escolas interessados em conhecer mais sobre a história do cinema nacional.

 


Instituto de Pesquisa Afro Cultural Odé Gdomi

 

O conteúdo existente no Instituto de Pesquisas Afro Cultural Odé Gbomi e no seu Museu está aberto não só aos afro-decedentes mas a todos que queiram conhecer a história que não foi contada

 

 Associação Museu Afro Brasil

 

 

Fundado em 2004, o Museu Afro Brasil se tornou uma instituição administrada pela Associação Museu Afro Brasil, qualificada como OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, em 18 de outubro de 2005.

 

 

Memorial do ensino agrícola superior da Bahia 

 

Museu dos Brinquedos 

 

 

Dezenas de brinquedos foram reunidos ao longo de décadas por Luiza de Azevedo Meyer, que nasceu em 1912, e morreu em 2000, a idealizadora do espaço. Suas lindas bonecas de porcelana foram expostas algumas vezes em Belo Horizonte e, seis anos após sua morte, seu sonho se realizou.O Museu dos brinquedos já tem cinco mil peças em seu acervo, e vai continuar aceitando doações, inclusive de livros e discos infantis. Alguns dos brinquedos são ainda do século XIX, e ajudam a contar a parte boa da história da infância no Brasil. 

 

 

Museu da cidade de Salto

 


 

Museu do Diamante

 

O Museu do Diamante foi criado juntamente com a Biblioteca Antônio Torres, em 12 de abril de 1954. É vinculado ao Instituto Brasileiro de Museus e o seu acervo museológico é composto de acessórios de armaria, armas, equipamento de defesa, construções artísticas, estampas, pinturas, esculturas, objetos pecuniários, acessórios de interior, condicionador de temperatura, equipamentos de artes de espetáculos, de artistas, artesãos, de fiação e tecelagem, de mineração, instrumentos musicais, maquinaria, petrechos de pesca, objetos cerimoniais, comemorativos, de culto e funerário, equipamento de comunicação escrita, transporte, acessórios de indumentárias, artigos de tabagismo, toalete, adorno, objetos de devoção pessoal, instrumento de auto penitência e castigo.

O acervo fotográfico é composto de fotografias de personalidades de Diamantina, ruas casas e monumentos da cidade, e sobre mineração e garimpo na região.

 

Associação Artística e Cultural Oswaldo Goeldi

 

A Associação Artística e Cultural Oswaldo Goeldi,com sede em Taubaté, São Paulo, Brasil,é uma entidade juridica de direito privado, devidamente registrada nos órgãos competentes, constituiu sua vertente o 'Projeto Goeldi', este, com o objetivo de preservar e divulgar toda a obra do artista Oswaldo Goeldi.

A Associação e o PROJETO GOELDI, agregam hoje o maior acervo privado da obra do artista, através do acervo próprio, de familiares e de colecionadores cujas obras estão catalogadas no banco de dados do Projeto.

 

MUM - Museu da Moda

O visitante faz uma viagem ao túnel do tempo desde 2000 AC., deslumbrando-se com vestidos confeccionados a mão, até o ano de 1709 DC., quando foi fabricada a primeira máquina de costura, chegando até os dias atuais. O visitante também encontra peças e utensílios relativos a confecção do vestuário que foram garimpados em antiquários de diversos países.

 

 

MUSEU DE ARTES VISUAIS RUTH SCHNEIDER

                                                                                                         

O Museu de Artes Visuais Ruth Schneider foi inaugurado em 18 de maio de 1996, pela Fundação Universidade de Passo Fundo e está instalado no segundo andar do prédio da Antiga Intendência Municipal. Caracterizou-se desde sua criação, pelo compromisso com a democratização do acesso à arte e a cultura, oportunizando a vivência, a aprendizagem e a apreciação das diversas linguagens artísticas. 

 

 

Museu Histórico Regional

O Museu Histórico Regional foi criado através do Decreto Municipal Nº 52/77, pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo, com o nome de Museu Histórico-Cultural, objetivando “a preservação do acervo histórico-cultural da comunidade, permitindo às gerações presentes e futuras a pesquisa, o conhecimento e a visualização de nosso passado”. Em 1996, através de um convênio entre a Prefeitura Municipal e a Fundação Universidade de Passo Fundo, foi reestruturado e então assumiu a sua designação atual, sendo instalado juntamente com o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider, no prédio da antiga Intendência Municipal.