Inclua lindos museus de artes plásticas nas visitas pelo País

Content is available only in Portuguese. For more information contact us at feambra@feambra.org
03- Maio - 2018

Inclua lindos museus de artes plásticas nas visitas pelo País

 

 

Para enriquecer sua programação cultural quando estiver visitando nosso lindo País, a Feambra seleciona alguns museus que se dedicam especialmente às artes plásticas e oferecem atividades e exposições diversas. Veja nossas sugestões:


Sudeste

Museu do Ingá (Niterói – RJ)

O museu é dedicado à história política e artística fluminense, com um acervo de mais de 4 mil peças, incluindo obras de Tarsila do Amaral e Lucílio de Albuquerque, além de documentos e informações dos 43 governadores do estado. 

Atualmente está com a exposição “Experimentação e Método”

Até 27/5

Tels: (21) 2717 2893/ 2717 2919/ 2717 2903

Entrada: Gratuita

Funcionamento: quarta a domingo, das 12 às 17 horas

Obs.: O Núcleo Educacional está com atividades relacionadas à exposição em cartaz, não sendo necessário agendamento prévio (recomendado apenas para grupos acima de cinco pessoas).

http://www.cultura.rj.gov.br/apresentacao-espaco/museu-do-inga


Pinacoteca de São Paulo (São Paulo – SP)

A Pinacoteca de São Paulo é um museu de artes visuais com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade. Foi fundada em 1905 e é mais antigo da cidade.

Atualmente está com a exposição “Nasci Errado e Estou Certo”

Até 6/8

Tels.: 11 3324 1000

Entrada: R$ 3,00/R$ 6,00, e gratuita aos sábados.

Funcionamento: quarta a segunda, das 10 horas às 17h30

http://pinacoteca.org.br/programacao/jose-antonio-da-silva/


Museu Homero Massena (Vila Velha – Espírito Santo) 

Tombado pelo patrimônio histórico no final da década de 80, o Museu Homero Massena está localizado na casa onde o artista plástico e escritor Homero Massena viveu por 23 anos. Apesar de nascido em Minas Gerais, o artista foi considerado um ilustre e respeitável cidadão vilavelhense, assim um museu próprio.

Homero Massena escreveu dois livros: “Miracema” e “Atribulações de um Capixaba”. Como pintor retratou a natureza, que também foi a sua grande fonte de inspiração. Seus quadros possuem uma riqueza de texturas e transparências, levando, com suas pinceladas, um realismo às obras, criando vida em seus quadros. A maior obra do pintor é o quadro “Solidão”, que hoje se encontra nas paredes do Palácio Anchieta. Além das diversas obras, é de Homero Massena a pintura do teto do Teatro Carlos Gomes. Durante sua vida de pintor, foi premiado com 28 medalhas, além de diplomas e de outros prêmios.

Atualmente: “Homero Massena”

Data: Exposição Permanente do Artista “Homero Massena”

Tel.: 027 3388 4311

Entrada: Gratuita

Funcionamento: terça à sexta, das 9 às 17 horas, e finais de semana e feriados, das 8 às 14 horas.

Sul


Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli – MARGS (Porto Alegre – Rio Grande do Sul)

O Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli – MARGS conta com mais de 3.660 obras de arte, que vão da primeira metade do século XIX até os dias atuais, abrangendo diferentes linguagens das artes visuais, como pintura, escultura, gravura, cerâmica, desenho, arte têxtil, fotografia, instalação, performance, arte digital, design, entre outros. A coleção do museu é composta por arte brasileira, com ênfase na produção de artistas gaúchos, e também por obras estrangeiras, da qual conta com nomes significativos da arte mundial.


Atualmente está com obras e performances decorrentes da “´11º Bienal de Artes do Mercosul”

Até 3/6

Tels.: 051 3227-2311 e 051 3254 7531 (Núcleo Educacional da 11º Bienal de Artes do Mercosul)

Entrada: Gratuita

Funcionamento: terça à domingo, das 9 às 19 horas

http://www.margs.rs.gov.br/


Nordeste


Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM/BA (Salvador – Bahia)

Criado por meio do incentivo do crítico e diretor do Museu do Estado da Bahia, José Valadares, em 1957, o Museu de Arte Moderna da Bahia possui atualmente um acervo composto por mais de 1200 peças, de diversas linguagens, suportes, tradições e lugares do mundo. A coleção foi se formando por transferências do Museu do Estado da Bahia, atual Museu de Arte da Bahia (MAB), e por doações ao longo dos anos.

Atualmente está com a exposição “Volpi”

Até 1º/7

Tel.: 71 3117 6139

Entrada: Gratuita

Funcionamento: terça à domingo, das 13 às 18 horas


Memorial Chico Science (Recife – Pernambuco) 

O Memorial é formado por três salas que contam a história daquele que é tido como um dos talentos mais genuínos da cultura brasileira. Os destaques do ambiente se reservam às curiosidades contadas, como a idolatria de Chico por influências variadas, que incluem o rei do funk James Brown, o melancólico cantor Nick Drake e o tão admirado Mestre Salustiano, figura importante do maracatu regional. O colecionismo do memorial não se restringe somente às obras literárias. A videoteca, que compila praticamente todo o material audiovisual feito durante a vida de Chico, é exibida ininterruptamente. Clipes, reportagens, imagens de shows, tudo entra. Feito não apenas para informar, mas também para alegrar, o Memorial Chico Science passa o recado e propaga as mensagens que Chico fez questão de nos deixar. “Pernambuco embaixo dos pés. E minha mente na imensidão”.

Atualmente: “Chico Science”

Data: Exposição Permanente do Artista Chico Science

Tels.: (81) 3355-3158 | 3355-3159

Entrada: Gratuita

Funcionamento: segunda à sexta, das 9 às 17 horas 

http://www2.recife.pe.gov.br/servico/memorial-chico-science?op=MTMy