Guia Feambra

Informativo Feambra - Julho/2008

Feambra - Boletim Informativo

Férias e cultura em Nova York

Quem vai a Nova York pela primeira vez ou já é visitante habitual tem cada vez mais atrativos para permanecer por mais tempo na cidade. Além do prazer de caminhar, aproveitar os grandes espetáculos e fazer compras, as opções culturais são tantas que provocam no visitante o desejo de voltar em breve. Confira as dicas de museus para tornar sua viagem ainda mais inesquecível e procure checar informações sobre horários de funcionamento em seu hotel ou no website da instituição.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MoMA – www.moma.org
Reserve várias horas para o passeio: além do acervo permanente, traz sempre boas exposições temporárias. Para quem gosta de arquitetura, a exposição “Home Delivery: Fabricating the Modern Dwelling” traz um estudo sobre passado, presente e futuro das construções pré-fabricadas. Fica em cartaz de 20 de julho a 20 de outubro. A mostra de capas da revista Esquire, feitas por George Lois, fica até março de 2009. Evite visitá-lo às segundas-feiras: fica lotado, em parte porque fecha às terças. Ingresso: US$ 20.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

The Metropolitan Museum of Art – www.metmuseum.org
No telhado, se o clima permitir, conheça as esculturas de Jeff Koons (até 26 de outubro). Os fãs de super-heróis podem conferir os trajes de seus personagens preferidos na mostra “Superheroes: Fashion and Fantasy”. Dica: o restaurante é bom e tem preços razoáveis, mas chegue até às 12h30 para não ficar horas na fila. É possível almoçar com vista para o Central Park - uma das paredes é de vidro. Ingresso: US$ 20 como preço sugerido, mas é o visitante que diz quanto quer pagar.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

The American Museum of Natural History (Museu de História Natural) – www.amnh.org
Os esqueletos de dinossauros e as reproduções em seus habitats fascinam pessoas de todas as idades. O museu abriga também o planetário, com narração do ator Robert Redford. Reserve um período longo para sua visita, porque o museu é enorme. O ingresso para as duas atrações sai por US$ 22; só para o museu, US$ 15. Associados têm acesso gratuito.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Solomon R. Guggenheim – www.guggenheim.org/new_york_index.shtml
De 27 de junho a 28 de setembro, o visitante pode conhecer a retrospectiva completa da obra da francesa Louise Bourgeois, mais conhecida por suas esculturas, mas que abrange também pintura, desenho e outras manifestações artísticas. Atualmente, a parte externa está em reforma e o acervo permanente está guardado. Por isso, o aconselhável é ligar ou entrar no site antes da visita para checar o que é possível ver. Fecha às quintas-feiras. A entrada custa US$ 18, mas o valor é reduzido enquanto dura a reforma. Associados ao museu têm acesso gratuito.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cooper-Hewitt National Design Museum – www.cooperhewitt.org
É o representante nacional do design. Até 24 de agosto é possível conferir trabalhos dos célebres irmãos Campana, os brasileiros Humberto e Fernando. O trabalho com materiais não convencionais vai mostrar uma nova peça de mobiliário criado pelos artistas especialmente para o museu. Entrada a US$ 15 (associados ao museu e ao Instituto Smithsonian entram gratuitamente).

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
New Museum – www.newmuseum.org
Está em cartaz até 12 de outubro a mostra dos quatro vencedores do Altoids Award, escolhidos por um juri qualificado, composto só por artistas conhecidos por seu trabalho e por seu apoio ao desenvolvimento de novos talentos. É a primeira edição do prêmio criado para ser bienal e que concede a cada um dos ganhadores o montante de US$ 25 mil. Os escolhidos exploram as relações humanas, usando recursos como pintura, foto e vídeo. A entrada custa US$ 12  (grátis para quem tem menos de 18 anos e para membros do museu).

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Queens Museum of Art – www.queensmuseum.org
Apreciar as janelas, mosaicos e luminárias de vidro desenvolvidos por Louis Comfort Tiffany é um dos atrativos atuais do museu. Os objetos fazem parte da Neustadt Collection. O valor sugerido para entrada é de US$ 5.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Children´s Museum of Manhattan – www.cmom.org

A dica é especial para quem viaja com crianças. O museu é totalmente interativo. Cantar, colar, carimbar são apenas algumas atividades que podem ser conferidas na internet. O site do museu traz a programação detalhada, dia-a-dia, do que é dirigido às crianças de até quatro anos e para as que têm acima de cinco. Vale a pena conferir o que está em cartaz no momento da visita. Entre as exposições, as aventuras de Dora e Diego, primos que são um sucesso do canal Nickelodeon. Outros destaques são a mini-cidade, administrada pelos pequenos, e o espaço Playworks, onde a criança tem uma série de experiências, como dirigir um caminhão de bombeiros e atravessar um caminho desafiador. Ingresso a US$ 10 (grátis para membros do museu).  

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Whitney Museum of American Art – www.whitney.org
De 11 de julho a 30 de novembro fica em cartaz a exposição “Progress” (progresso), que traz trabalhos em diferentes mídias – alguns criiticando, outros aplaudindo ou apenas registrando as utopias do Modernismo. Ingressos a US$ 15.

Fontes: Folha de São Paulo, websites dos museus citados, acervo da Feambra.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Faça parte da redação do boletim Feambra

Se você é membro de uma associação de amigos de museus, dirige, trabalha ou participa de alguma forma do dia-a-dia de uma instituição cultural, participe do boletim da Feambra! Envie os próximos eventos de sua entidade, exposições, cursos, dê sugestões. Escreva também para dar suas dicas sobre museus que visitou!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Destaques

Câmara aprova estatuto para museus
O Legislativo discute um projeto de lei que institui um estatuto para museus, tanto privados quanto públicos. Aprovado na Câmara, o projeto de lei segue agora para o Senado e, depois, para sanção presidencial. A eventual aprovação trará grandes mudanças na gestão de museus. Por um lado, prevê o repasse de verbas públicas às entidades; por outro, institui uma política de intervenção do Poder Público, com monitoramento de questões como aquisição e venda de obras e segurança do acervo. Quem não cuidar da segurança, por exemplo, poderá ser alvo de sanções, como a suspensão do repasse de dinheiro público.

Segundo o projeto, os museus terão de adaptar seus regimentos à nova lei. A Feambra já está se preparando para dar a seus associados toda a orientação necessária em relação às possíveis novidades na legislação. Para a Federação, o momento é de fortalecimento das associações de amigos de museus para defender os interesses das entidades e participar do debate sobre o polêmico projeto.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Museu da Língua Portuguesa sedia palestra-espetáculo

A Cia. Livre apresenta, no dia 24 de junho, às 19h, a palestra-espetáculo “VemVai – O Caminho dos Mortos”, para lançamento da obra “Caderno Livre Noz”. O livro retrata as etapas do trabalho teatral da companhia, em destaque no panorama nacional desde 1999.

No evento, as cenas serão entremeadas por depoimentos para contar as cinco etapas do caminho dos mortos do espetáculo original. Com dramaturgia de Newton Moreno, a premiada peça foi construída com base em mitos, cantos e narrativas ameríndias sobre morte e renascimento. Foi encenada em 2007 e serviu como material de pesquisa para o livro.
a Luz, s/n, Centro, São Paulo - SP - Informações tel.: (11) 3326-0775

Museu da Língua Portuguesa – Terça a domingo, das 10h às 18h (no dia 24/6, até às 22h).
Praça da Luz s/nº, Centro, São Paulo (SP) – Tel: (11) 3326-0775

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O que é real, o que é virtual?

Até quando algo passa de humano para cibernético? A 4ª Bienal Emoção Art. Ficial , em cartaz no Itaú Cultural até o dia 14 de setembro, discute os limites da arte com a tecnologia e brinca com o imaginário. O tema dessa Bienal é “Emergência” dada a essa nova arte virtual virtual que vem emergindo atualmente. Entre as obras, destaca-se a imagem intitulada de “Ultra-Nature”, um jardim virtual composto de diversas variedades de plantas  e que, ao entrarem em contato com o publico, florescem. A Bienal é um show para os olhos e um desafio para a realidade.
Mais informações: www.itaucultural.com.br/emocaoartificial4