Guia Feambra

Informativo Feambra - Janeiro/2009

Feambra orienta associados sobre o novo Estatuto de Museus

A Federação têm realizado uma série de mesas-redondas sobre o novo Estatuto dos Museus (Lei nº 11.904, de 14 de janeiro de 2009), que acaba de ser sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e está preparada para prestar toda a consultoria necessária aos associados.
O Estatuto dispõe sobre temas relevantes, como mecanismos para a sustentabilidade dos museus, conservação e segurança do patrimônio e o Sistema Brasileiro de Museus. As entidades que integrarem o Sistema terão, inclusive, prioridade no beneficiamento por políticas públicas.
Além disso, os museus terão de implementar um Plano Museológico como uma ferramenta de planejamento estratégico, para sistematizar o trabalho de cada área do museu, definir sua vocação, objetivos e ações, entre outras funções.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 

Bate-bola com o Museu do Futebol 

Até os turistas já descobriram um novo e imperdível programa em São Paulo (SP): o Museu do Futebol. Conversamos com a coordenadora do Núcleo de Pesquisa do museu, Daniela Alfonsi. Confira os principais trechos:

Feambra: Qual a melhor forma de visitar o Museu do Futebol?
Daniela Alfonsi: Ao chegar, o visitante recebe um folder com o mapa do museu. Temos um percurso único, com 15 salas – a entrada é por um lado do prédio e a saída é por outro. É preciso ter tempo para aproveitar as experiências que o museu proporciona e poder escolher os locais de maior interesse. Mas, mesmo para quem tem apenas uma hora, é possível fazer todo o percurso. 

F: A quem o museu é dirigido?
D. A.: O museu é um bom programa para pessoas de todas as idades, fanáticos ou não por futebol. As crianças podem brincar com os esquemas táticos diferentes das mesas de pebolim da Sala dos Números e Curiosidades, assistir a um filme em terceira dimensão na Sala Jogo de Corpo e testar a velocidade do chute contra um goleiro 
virtual. Os fanáticos pelo esporte vibram com a Sala das Origens e a Sala das Copas e têm acesso a quase mil fotografias, além de vídeos e narrações de gols. Os interessados em arquitetura, história e ciências humanas podem  rever a história de construção do estádio do Pacaembu e ver as plantas originais. O público em geral também gosta muito de ver a história do Brasil entremeada pela história do futebol.

F: E para aqueles que querem rever os gols inesquecíveis?
D. A.: Neste caso, a dica é visitar as salas dos Gols, do Rádio, Pelé & Garrincha e não esquecer da sala Dança do Futebol, onde o visitante pode assistir a quatro crônicas audiovisuais: “Dribles”, por Celso Unzelte, “Canal 100”, por Juca Kfouri, “Defesas”, por João Máximo, e “Gols”, por Marcelo Duarte.


Museu do Futebol
Pça. Charles Miller, s/ nº - Estádio do Pacaembu
São Paulo – SP
Aberto de terça a domingo, das 10h às 17h
Ingressos: R$ 6 (R$ 3 para estudantes com carteirinha, aposentados e idosos, gratuito para crianças de até sete anos)
www.museudofutebol.org.br