Em Foco

16- Março - 2011

Museu: um lugar para todos

Reabertura do Memorial da Inclusão apresenta exposição acessível aos visitantes com deficiências físicas

Museu da Inclusão - Maquete

Desde 1981, Ano Internacional da Pessoa com Deficiência, a luta pelos diretos dos deficientes físicos vem se intensificando e os frutos de tantos esforços já são recompensadores. Mais uma vitória foi conquistada com a abertura da exposição 'Acessibilidade em museus: a experiência do Museu Casa de Portinari e da Pinacoteca do Estado', mostra que reinaugura o Memorial da Inclusão.

Contando com duas maquetes táteis, exibidas pelo Museu Casa de Portinari, e duas reproduções em relevo e um jogo articulado, que fazem parte do acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo, os visitantes têm a oportunidade de literalmente entrar em contato com a arte. Além das obras, o local também conta com uma estrutura preparada para atender os visitantes especiais, com marcações no chão, textos em braile, DVD portátil com tours guiados em Libras, entre outros.

A adequação do ambiente e a ideia são sinais de reconhecimento que os representantes dos museus têm com seu potencial público visitante. Iniciativas como essas geram reflexão, contribuem para o enfraquecimento do preconceito e também abrem as portas para que os deficientes físicos possam desfrutar do que a arte, e principalmente os museus, têm de melhor.

Exposição: Acessibilidade em museus: a experiência do Museu Casa de Portinari e da Pinacoteca do Estado
Local:
Memorial da Inclusão
Endereço: Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 564, portão 10 - Barra Funda
Data: até dia 24 de março
Horário: de 2ª a 6ª, das 12 às 18 horas
Telefone: (11) 5212 3700
Entrada:
gratuita 

(fonte e foto: Núcleo da Notícia Comunicação Corporativa - ACAM Portinari)