Em Foco

03- Dezembro - 2012

Jardim Botânico de São Paulo inaugura exposição sobre o cerrado e reabre o Museu Botânico Dr. João Barbosa Rodrigues

O Jardim Botânico de São Paulo inaugura a Exposição Permanente sobre o Cerrado, mostrando o exuberante bioma do Estado de São Paulo.

O Instituto de Botânica, com a colaboração do Instituto Sangari, está reformando e readequando uma das estufas históricas do Jardim Botânico de São Paulo. A exposição será composta por elementos interativos sobre os principais pontos do cerrado, de forma que o visitante do Jardim Botânico, das mais diferentes faixas etárias e dos mais diferentes níveis de escolaridade, possa aprender sobre o bioma de maneira lúdica e interativa. A exposição também será composta por elementos naturais, basicamente vegetais de diferentes estratos representativos do cerrado, oriundos principalmente da Reserva Biológica e Estação Experimental de Mogi-Guaçu, uma Unidade de Conservação administrada pelo IBt.

No final do ano passado, o Instituto de Botânica concorreu à premiação em edital específico do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) do Ministério da Cultura juntamente com todos os museus brasileiros. O instituto foi classificado e premiado para reformar toda a estrutura elétrica e de iluminação do espaço que, através da implantação de totem interativo e da mudança nos painéis de cada uma das salas, tornam o espaço muito mais rico em informações, dispostas de maneira mais acessível e interessante ao visitante.

A inauguração da exposição ocorre no dia 30 de novembro de 2012 às 11 horas com a presença do Secretário do Meio Ambiente Bruno Covas e de diversas autoridades. .

Serviços: 

Endereço: Av. Miguel Estéfano 3031 - Água Funda – São Paulo

Horário: 3ª a domingo, das 9 às 18 horas

Site: www.ibot.sp.gov.br

Entrada franca