Em Foco

07- Abril- 2014

Museus de SP batem recorde, mas comparativo mostra baixo investimento

 

No início desse ano, foi divulgado pela Secretaria de Cultura do Estado de SP que um recorde foi batido em 2013: ao todo, São Paulo, com seus 18 principais museus, recebeu mais de 3,3 milhões de pessoas, sendo que 1,3 milhões entraram gratuitamente.

 

 

Graças, sobretudo, à ampliação dos horários de funcionamento e às exposições de destaques como “Cazuza Mostra Sua Cara”, do Museu da Língua Portuguesa que foi um tremendo sucesso, e Stanley Kubrick, no Museu da Imagem e do Som.

 

 

Em 2011, ainda em crise na Europa, o Estado francês investiu 13,4 bilhões de euros em cultura, o que representou um valor equivalente a 3,2%  do valor geral da economia francesa. Os mesmos 3,2% é o mesmo índice da produção agrícola da França.

 

 

Já o investimento do Brasil, que ocupa a 7ª posição no ranking do PIB mundial e está acima da França, foi de aproximadamente 3%, sendo que a participação do setor agrícola no PIB do Brasil é de 4,53%.

 

Neste ano, com a Copa do Mundo e nós próximos com as Olímpiadas, o Brasil terá seu roteiro turístico colocado ainda mais em evidência, principalmente no que se refere à arte e cultura. Com isso, espera-se que o aumento do público em museus seja ainda maior do que o registrado no ano anterior e obtenha mais investimentos para receber esses futuros visitantes.