Comunidade

05- Maio - 2014

Propriedade sobre a obra de arte é objeto de discussão de fórum

Realizado no dia 7 de abril, o Fórum MuBE trouxe o tema “Júris” para discussão e abordou as reflexões sobre as intersecções da arte em um território transdisciplinar, colaborativo, estabelecendo espaços possíveis para novos paradigmas da arte contemporânea.

A Feambra foi representada no fórum pelo diretor de Relações Institucionais, Nelson Colás, e pelo consultor de Novos Negócios, Gustavo Horta.

Nelson Colás fez uma explanação sobre os códigos de ética das instituições internacionais de Museus (ICOM) e de Amigos de Museus  (World Federation of Friends of Museums - WFFM), documentos que têm como base o respeito à legislação nacional e local, bem como à legislação de outros Estados, na medida em que ela lhe diga respeito.

Já Gustavo Horta colocou em discussão o tema sobre a quem pertence a obra de arte. Pertence ao artista, à sua família, ao seu país? O tema foi colocado em discussão pelo fato de estarmos em um momento em que o colecionismo se torna cada vez mais fator de visibilidade social.