Notícia

10- Junho - 2015

Balanço parcial de pesquisa mostra interesse por associações

 

 

Há seis meses, a Feambra iniciou um processo seletivo para o projeto Voluntários Feambra 2015. Foram escolhidas nove pessoas para realizar um levantamento de quantas são e como atuam as Associações de Amigos de Museus no Brasil, conforme solicitação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Com uma lista de museus do Brasil inteiro, apresentada pelo Ibram, os voluntários entram em contato com os responsáveis pelas entidades culturais, apresentam a Feambra e enviam link contendo questões como o destino dos recursos arrecadados pelas associações de museus e se utilizam as leis de incentivo para captá-los.

Os voluntários atuam em turnos de 4 horas, de uma a duas vezes por semana e, em média, realizam 18 novos contatos com museus por dia. O resultado da coleta de dados tem sido muito positiva. Uma conclusão importante é a de que muitos museus se mostram carentes em atendimento, mas a Feambra vem suprindo em parte essa necessidade de ser ouvido com esse trabalho que, por ser voluntário, cativa a simpatia e o carinho dos museus.

“Estamos muito contentes com a atuação dos voluntários que já contataram 952 museus, dos quais 202 responderam nosso questionário e 110 manifestaram desejo de constituir associação. É gratificante a troca de experiências por meio de programas de voluntariado e associações de amigos”, afirma Gustavo Horta, consultor da Feambra. Outro número que impressiona é que, até o momento, 72% dos respondentes querem uma aproximação maior com a Federação para desenvolver suas associações de amigos.

Muitos museus do Brasil declaram que estão fazendo o download gratuito do Guia para Criação e Gestão de Associação de Amigos de Museus, disponível no site www.feambra.org, desenvolvido pela Federação para contribuir com os museus brasileiros. 

 

Em breve, divulgaremos novos dados sobre o levantamento. Depois de completo, ele ficará disponível para consulta on-line.