Comunidade

29- Junho - 2015

Programa de Voluntários movimenta mercado cultural

A partir de agora, a Secretaria de Cultura de São Paulo tem a meta de implantar um roteiro de voluntariado em todos os museus do Estado. O primeiro, com o apoio da Feambra, será o Afro Brasil, que deve ter início em agosto, abrindo as primeiras vagas aos interessados.

Convidados por Edemar Junior e Natalia Moriyama - diretor executivo e coordenadora de Desenvolvimento Institucional, respectivamente, do Museu Afro Brasil -, Nelson Colás e Gustavo Horta, da Feambra, foram até a sede do espaço cultural prestar consultoria sobre a iniciativa do trabalho de voluntários da entidade, que partiu do Ibram.

Junto com Silvia Naccache, do Centro de Voluntariado de São Paulo que, para sensibilizar a equipe do museu, palestrou sobre “Gestão de Programas de Voluntariado”, Gustavo Horta apresentou o Programa de Voluntários da Feambra, iniciado em 2014.

Na ocasião, foram apontadas características e abrangência do voluntariado, direitos, deveres, motivações, compromissos e responsabilidades dos voluntários e os cuidados de quem recebe o seu trabalho.