Comunidade

30- Julho - 2015

Dois museus, duas pauliceias, muita história viva: Masp e Pinacoteca

Duas das instituições culturais mais importantes do mundo fazem parte da lista de parceiros da Feambra: o Masp e a Pinacoteca. Ambos são ícones do mundo das artes e história e oferecem experiências educativas e enriquecedoras.
 
O Masp, um dos maiores museus do hemisfério sul, é um cartão postal de São Paulo e surpreende paulistanos e turistas com um acervo de mais de oito mil peças de renomados artistas, como Portinari e Monet. Há ainda exposições temporárias, que envolvem os mais variados temas e recortes da coleção.
 
Até o dia 25 de outubro, fica em cartaz no museu a exposição 'Arte da França: de Delacroix a  Cézanne”, que exibe retratos, paisagens, naturezas-mortas, cenas históricas e do cotidiano, dos séculos XVIII ao XX. Estão representados artistas de herança neoclássica e romântica, além de nomes ligados aos movimentos precursores do modernismo, realismo, impressionismo e cubismo.
 
A partir de 10 de agosto começam os cursos livres no Masp, de segunda a quinta-feira, das 19h30 às 21h30. Os temas abordados serão: As vanguardas e seus artistas, Introdução à história da arte, Retratos das cidades brasileiras, Mulheres artistas da modernidade e Artes ameríndias.
 
“O Masp representa para a cultura brasileira uma diversidade de referências que ensina e promove o fazer artístico e funciona como um organismo em atividade”, afirma Nelson Colás, diretor de Relações Institucionais da Feambra.
 
Mais informações: http://masp.art.br/masp2010/
 
A Pinacoteca do Estado de São Paulo, que em outubro completa 110 anos, abriga exposições de grande importância artística em um acervo com cerca de nove mil peças, abrangendo a história da pintura brasileira dos séculos XIX e XX. Fundada em 1905 pelo Governo do Estado de São Paulo, é o museu de arte mais antigo da cidade, realiza cerca de 30 exposições e recebe aproximadamente 500 mil visitantes a cada ano.
 
Neste mês de agosto, começa a mostra “A viagem das carrancas”, que fica em cartaz até 18 de outubro. A exposição reúne antigas figuras entalhadas nas proas dos barcos, fotografias e pequenas esculturas.
 
O museu recebe também a exibição “A paisagem na arte: 1690-1998. Artistas britânicos na coleção da Tate”. A chegada dessa importante exposição internacional celebra a parceria entre Tate e Pinacoteca, com mais de 100 obras de grandes artistas topográficos clássicos do século XVIII. Ambas têm visitação gratuita.
 
“A Pinacoteca certamente é um dos museus mais importantes do País, instituição que abriga uma seleção da cultura material humana que permite uma clara leitura sobre a influência da arte na vida das pessoas.”, afirma Gustavo Horta, consultor da Feambra.
 
Mais informações: http://www.pinacoteca.org.br/pinacoteca-pt/