No mês em que se comemora o Dia do Amigo, a Feambra lembra a importância dos amigos de museus para a cultura nacional e mundial


A Federação de Amigos de Museus do Brasil (Feambra) possui um papel essencial para a rotina dessas instituições no País. A Feambra auxilia na criação e no fortalecimento de Associações de Amigos dos Museus. Além disso, promove o turismo cultural e realiza ações para preservar o patrimônio histórico nacional.

Ser um amigo do museu está relacionado à predisposição de ajudar uma instituição, não necessariamente com dinheiro. Existem muitas maneiras de se envolver nessa causa e as associações são ótimos exemplos para isso. A criação de grupos que auxiliam nas demandas do museu, a divulgação ou a indicação de serviços feitos de forma gratuita são maneiras de contribuir para a instituição.

Sejam eles públicos ou privados, museus se inserem na história da região em que se localizam, por isso fazem parte da memória local. Pensando dessa forma, é essencial o cuidado de todos que também ocupam tal espaço e ajudam a construir esse enredo. Ser amigo do museu representa a identificação com o seu espaço e passado, aquilo que deve ser preservado e resgatado para as novas gerações.

No cenário mundial, temos a atuação da Federação Mundial de Amigos de Museus (World Federation of Friends of Museums – WFFM) que incentiva a criação de associações de amigos dos museus, oferecendo os meios para a troca de informações e experiências. Junto com federações nacionais, a WFFM incentiva a cultura de auxílio a museus por grupos dispostos a colaborar para a conquista dos objetivos definidos pela instituição.